PMBOK® Guide 6ª Edição – O que vem por aí?

Sempre atento às mudanças, o PMI® vem constantemente evoluindo sua principal referência que é o PMBOK® (o guia de boas práticas em gerenciamento de projetos). As atualizações ocorrem aproximadamente a cada 4 ou 5 anos.

02 de June de 2017

 

   

PMBOK® Guide 6ª Edição – O que vem por aí?

 

Sempre atento às mudanças, o PMI® vem constantemente evoluindo sua principal referência que é o PMBOK® (o guia de boas práticas em gerenciamento de projetos). As atualizações ocorrem aproximadamente a cada 4 ou 5 anos.

Evolução do Guia PMBOK:

 

  • 1983-1987: Revisão da Publicação de 1983 no Project Management Journal, nesta edição eram 6 áreas, que evoluiu para 8 áreas de função com ênfase na ética, padrões e certificação.
  • 1996: Revisão da Publicação de 1987, com 37 processos e 9 áreas de conhecimento, com ênfase nos processos e documentos.
  • 2ª Edição 2000: Com um intervalo de 13 anos, esta edição apresentou 39 processos divididos em 5 grupos e 9 áreas de conhecimento, com ênfase na estratégia.
  • 3ª Edição 2004: Início da agenda quadrienal, apresentando 44 processos divididos em 5 grupos e 9 áreas de conhecimento, com ênfase nos grupos de processos.
  • 4ª Edição 2008: Apresentando 42 processos divididos em 5 grupos e 9 áreas de conhecimento, com ênfase na integração.
  • 5ª Edição 2013: Apresentando 47 processos divididos em 5 grupos e 10 áreas de conhecimento, com ênfase nas pessoas, nos relacionamentos e na comunicação.

A 6ª Edição do PMBOK, diferente das edições anteriores, virá com uma característica inédita, ele será tanto um standard quanto um guia. Um standard porque apresentará conceitos chaves, descrevendo o que fazer para se obter projetos bem-sucedidos. E um guia, porque se expandirá apresentando informações adicionais sobre como usar as boas práticas de gestão de projetos globalmente reconhecidas. Com ênfase cada vez maior em agilidade e adaptação.

O que há de novo?

 1.       As 10 áreas de conhecimento e os 5 grupos de processos atuais foram mantidos (com ênfase na gestão do conhecimento), porém agora existem 49 processos.

 2.       Mudança estrutural, inclusão das estruturas organizacionais Orgânica, Multidivisional, Virtual e Híbrida:

 

PMBOK® - 5ª. Edição

PMBOK® - 6ª. Edição

Funcional

Matricial

Projetizada

Funcional

Matricial

Projetizada

Orgânica

Multidivisional

Virtual

Híbrida

 3.       Capítulos 1, 2 e 3 foram reescritos, incluindo a fusão dos Capítulos 1 e 2 para inclusão do novo Capítulo 3 sobre o “Papel do Gerente de Projeto”. A nova informação reflete a evolução da profissão de Gerente de Projetos, como motor de mudança organizacional e um meio de fornecer valor de negócios.

 4.       Melhor descrição do papel e competências do gerente de projetos, incluindo e reforçando o Triângulo de Talentos do PMI (PMI Talent TriangleTM) , que engloba as habilidades técnicas, as habilidades estratégicas e de negócio e as habilidades de liderança. O Capítulo 3 será totalmente dedicado ao papel e às competências do gerente de projetos, incluindo habilidades técnicas, estratégicas e de liderança (as três habilidades essenciais do gerente de projetos para o sucesso no mercado de trabalho atual). http://www.pmi.org/-/media/pmi/documents/public/pdf/certifications/talent-triangle-flyer.pdf


5.       Cada área do conhecimento ganhou seções introdutórias:

  1. Conceitos-chave;
  2. Tendências e práticas emergentes;
  3. Considerações de adaptação; e
  4. Abordagens para ambientes Ágeis, Iterativos e Adaptativos.

6.       Alinhamento Estratégico e de Negócios, incluindo conceitos em documentos e na avaliação de sucesso do projeto (Project Business Documents):

  1. Caso de Negócio (Project Business Case);
  2. Plano de gerenciamento de benefícios (Benefits Management Plan);
  3. Termo de Abertura do Projeto;
  4. Plano de Gerenciamento de Projetos;
  5. Medidas de sucesso do Projeto.

7.       Maior Organização das entradas, ferramentas e técnicas e saídas:

  1. Componentes do Plano do Projeto;
  2. Exemplos de documentos do Projeto;
  3. Atualizações de documentos do Projeto;
  4. Entradas e saídas simplificadas:
    • Uma tabela para cada processo (ex. Coletar Requisitos).
  5. Plano do Projeto será a entrada para:
    • Plano de Gerenciamento de Escopo
    • Plano de Gerenciamento de Requisitos
    • Plano de Gerenciamento das Partes Interessadas
  6. Plano do Projeto atualizado será a saída para:
    • Plano de Gerenciamento de Escopo Atualizado
    • Plano de Gerenciamento de Requisitos Atualizado
    • Plano de Gerenciamento das Partes Interessadas Atualizado

 8.       Tailoring (adaptação) de Processos:

As necessidades do projeto determinarão os documentos reais do projeto. Significa analisar o projeto para determinar quanta ênfase colocar em casa processo (com base no escopo e tamanho do projeto).

 9.       Diferenciação entre monitorar e controlar:

Alguns processos mudaram a nomenclatura “Controlar” ou “Monitorar” para “Controlar e Monitorar”, pois enquanto o Monitorar atende ao Check do ciclo PDCA, enquanto o Controlar atende ao Act do ciclo PDCA. Monitorar é conceituado como a análise contínua do progresso do projeto nos níveis de atividade e resultados/produtos. Já o controlar utiliza informações de monitoramento para a tomada de decisão (para redirecionar o projeto, ajustar atividades, resultados, ou até mesmo para provocar um redesenho do projeto).

 10.   Gerenciamento de Requisitos:

O processo de coletar requisitos foi reforçado com as informações do Practice Guide for Business Analysis (https://www.pmi.org/pmbok-guide-standards/practice-guides/business-analysis)

 

11.   Ampliação da utilização de métodos e conceitos ágeis:

  1. O que mais chama a atenção no Guia PMBOK® 6a Edição são as práticas ágeis, ênfase no conhecimento de negócios e requisitos;
  2. Práticas ágeis largamente utilizadas em ambientes adaptativos, são detalhadas em cada área de conhecimento;
  3. Foi criado um Apêndice Agile (um standard) em cada área de conhecimento, detalhando como cada área estará associada, integrada e beneficiada pela utilização da abordagem Agile;
  4. Inclusão do ciclo de vida híbrido.

 12.   Mudanças no quadro de processos:

PMBOK® - 5ª. Edição

 

PMBOK® - 6ª. Edição

4. Gerenciamento da Integração do Projeto

4. Gerenciamento da Integração do Projeto

4.1. Desenvolver o termo de abertura do projeto

4.1. Desenvolver o Termo de Abertura do Projeto

 

4.2. Desenvolver o plano de gerenciamento do projeto

4.2. Desenvolver o Plano de Gerenciamento do Projeto

4.3. Orientar e gerenciar o trabalho do projeto

4.3. Orientar e Gerenciar o Trabalho do Projeto

 -

4.4. Gerenciar o Conhecimento do Projeto

4.4. Monitorar e controlar o trabalho do projeto

4.5. Monitorar e Controlar o Trabalho do Projeto

4.5. Realizar o controle integrado de mudanças

4.6. Realizar o Controle Integrado de Mudanças

4.6. Encerrar o projeto ou fase

4.7. Encerrar o Projeto ou Fase

       

No processo “Gerenciar o Conhecimento do Projeto” o registro de lições aprendidas será realizado ao longo do projeto e não apenas no final do projeto. O registro de lições aprendidas será uma saída deste processo.

 

 

5. Gerenciamento do Escopo do Projeto

Não houve mudanças essa área de conhecimento

(6 processos)

 

PMBOK® - 5ª. Edição

 

PMBOK® - 6ª. Edição

6. Gerenciamento do Tempo do Projeto

6. Gerenciamento do CRONOGRAMA do Projeto

6.1. Planejar o Gerenciamento do Cronograma

6.1. Planejar o Gerenciamento do Cronograma

 

6.2. Definir as Atividades

6.2. Definir as Atividades

6.3. Sequenciar as Atividades

6.3. Sequenciar as Atividades

6.4. Estimar os Recursos das Atividades

-

6.5. Estimar as Durações das Atividades

6.4. Estimar as Durações das Atividades

6.6. Desenvolver o Cronograma

6.5. Desenvolver o Cronograma

6.7. Controlar o Cronograma

6.6. Controlar o Cronograma

       

Gerenciamento de Tempo agora é Gerenciamento do Cronograma. O processo 6.4. foi remanejado para a área de Recursos. Alinhamento com o “Practice Standard for Scheduling-PMI” – https://www.pmi.org/pmbok-guide-standards/framework/practice-standard-scheduling-2ndedition. Foram incluídos conceitos da técnica “gerenciamento do cronograma agregado”, estendendo a abrangência da atual técnica de gerenciamento do valor agregado.

 

PMBOK® - 5ª. Edição

 

PMBOK® - 6ª. Edição

7. Gerenciamento dos Custos do Projeto

Não houve mudanças essa área de conhecimento

(4 processos)

 

         

 

PMBOK® - 5ª. Edição

 

PMBOK® - 6ª. Edição

8. Gerenciamento da Qualidade do Projeto

8. Gerenciamento da Qualidade do Projeto

8.1. Planejar o Gerenciamento da qualidade

8.1. Planejar o Gerenciamento da qualidade

 

8.2. Realizar a Garantia da Qualidade

8.2. Gerenciar a Qualidade

8.3. Controlar a Qualidade

8.3. Controlar a Qualidade

PMBOK® - 5ª. Edição

 

PMBOK® - 6ª. Edição

9. Gerenciamento dos Recursos Humanos do Projeto

9. Gerenciamento dos RECURSOS do projeto

9.1. Planejar o Gerenciamento dos Recursos Humanos

9.1. Planejar o Gerenciamento dos Recursos

 

-

9.2. Estimar Recursos das Atividades

9.2. Mobilizar a Equipe do Projeto

9.3. Mobilizar Recursos

9.3. Desenvolver a Equipe do Projeto

9.4. Desenvolver a Equipe

9.4. Gerenciar a Equipe do Projeto

9.5. Gerenciar a Equipe

-

9.6. Controlar os Recursos

           

Ampliação da área de conhecimento Gerenciamento dos Recursos Humanos para Gerenciamento dos Recursos (pessoas, materiais e equipamentos), abrangendo também outros recursos importantes ao projeto como os materiais e equipamentos. O processo Estimar Recursos da Atividade foi para a área Gerenciamento de recursos, saindo da área de Gerenciamento do cronograma.  

PMBOK® - 5ª. Edição

 

PMBOK® - 6ª. Edição

10. Gerenciamento dos Recursos de Comunicações de Projeto

10. Gerenciamento dos Recursos de Comunicações de Projeto

10.1. Planejar o Gerenciamento das Comunicações

10.1. Planejar o Gerenciamento das Comunicações

 

 

10.2. Gerenciar as Comunicações

10.2. Gerenciar as Comunicações

10.3. Controlar as Comunicações

10.3. Monitorar as Comunicações

         

Esta área de conhecimento ganhou novos conceitos que distingue COMUNICAÇÃO (entre duas pessoas) de COMUNICAÇÕES (artefatos, e-mails publicados etc).

 

PMBOK® - 5ª. Edição

 

PMBOK® - 6ª. Edição

11. Gerenciamento dos Riscos do Projeto

11. Gerenciamento dos Riscos do Projeto

11.1. Planejar o Gerenciamento dos riscos

11.1. Planejar o Gerenciamento dos riscos

 

11.2. Identificar os Riscos

11.2. Identificar os Riscos

11.3. Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos

11.3. Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos

11.4. Realizar a análise Quantitativa dos Riscos

11.4. Realizar a análise Quantitativa dos Riscos

11.5. Planejar as Respostas aos Riscos

11.5. Planejar as Respostas aos Riscos

-

11.6. Implementar as respostas aos Riscos

11.6. Controlar os Riscos

11.7. Monitorar os Riscos

         

Nova estratégia de Gerenciamento de Riscos será “escalonar respostas” que será uma atribuição da gestão de um risco para a parte interessada apropriada. Uma vez que o risco for escalonado ele deverá ser removido do registro de riscos do projeto “OU” mantê-lo no registo de risco, mas classifica-lo como “escalonado/atribuído a...”.

 

PMBOK® - 5ª. Edição

PMBOK® - 6ª. Edição

12. Gerenciamento das Aquisições do Projeto

12. Gerenciamento das Aquisições do Projeto

 

 

12.1. Planejar o gerenciamento das aquisições

12.1. Planejar o gerenciamento das Aquisições

 

 

12.2. Conduzir as aquisições

12.2. Conduzir as aquisições

 

12.3. Controlar as Aquisições

12.3. Controlar as Aquisições

 

12.4. Encerrar as Aquisições

-

 

           

O processo “Encerrar as Aquisições” foi removido o trabalho foi inserido nos processos “Controlar Aquisições” e “Encerrar o Projeto ou Fase”. O entendimento para esta mudança é de que o encerramento de um contrato, muitas vezes passa pelo setor jurídico da empresa e o gerente de projeto (em muitos casos), não tem autonomia para encerrar formalmente um contrato.

 

 

PMBOK® - 5ª. Edição

PMBOK® - 6ª. Edição

13. Gerenciamento das Partes Interessadas do Projeto

13. Gerenciamento das Partes Interessadas do Projeto

 

 

13.1. Identificar as Partes Interessadas

13.1. Identificar as Partes Interessadas

 

 

13.2. Planejar o Gerenciamento das Partes Interessadas

13.2. Planejar o Engajamento das Partes Interessadas

 

13.3. Gerenciar o Engajamento das Partes Interessadas

13.3. Gerenciar o Engajamento das Partes Interessadas

 

13.4. Controlar o Engajamento das Partes Interessadas

13.4. Monitorar o Engajamento das Partes Interessadas

 

           

 

Quando será publicado?

A 6ª Edição do PMBOK está quase pronta, e a versão final deverá ser disponibilizada no 3º Trimestre de 2017. Pela primeira vez na história do PMI a publicação em inglês e em português do Brasil serão lançadas simultaneamente. O exame com foco no Guia PMBOK® 6ª Edição deve estar disponível à partir do primeiro trimestre de 2018.


Links Recomendados:

http://www.pmi.org/

http://www.pmi.org/update-center/publication-exam-updates/pmbok-guide


http://www.pmi.org/update-center/exam-result-report

http://www.pmi.org/-/media/pmi/microsites/update-center/exam-analysis-page.pdf?la=en

http://www.pmi.org/-/media/pmi/microsites/update-center/exam-result-report.pdf?la=en

As seguintes pessoas atuaram como membros, foram colaboradores nesse texto ou atuaram como líderes:

 

Redação:

Jirlaine Fonseca, PMP

Revisão:

Cristiana Freire, PMP

Revisão Final:

Elifrancis Soares,  PMP

 

Referências:

http://www.pmi.org/

http://www.pmi.org/update-center/publication-exam-updates/pmbok-guide

https://www.youtube.com/watch?v=LYX69GUgad8

http://www.projectbuilder.com.br/blog-home/entry/conhecimentos/o-que-e-pmbok

https://dicaspmp.wordpress.com/2016/03/27/pmbok-6a-edicao-fase-1/

http://pmmindmap.com.br/o-que-esperar-do-guia-pmbok-6a-edicao/

http://trentim.com.br/2017/03/novidades-guia-pmbok-6a-edicao/


 

Datas previstas para atualização dos Exames




http://www.pmi.org/update-center/publication-exam-updates

http://www.pmi.org/certifications/types/project-management-pmp/update